aterosclerose

Aterosclerose: sintomas e tratamentos

Em grande parte dos países desenvolvidos, a aterosclerose é a principal causa de doença e morte. Essa patologia cardiovascular é caracterizada pela formação de placas de gordura nas paredes internas das artérias. Essas placas impedem que o fluxo sanguíneo ocorra normalmente. Dessa maneira, a doença tornou-se a principal causa de morte em todo o mundo, sendo causadora de 15 milhões de óbitos.

As placas de gordura provocam o entupimento das veias. Dessa forma, elas podem causar:

  • doença arterial coronariana, quando atingem as artérias que envolvem o fluxo sanguíneo para o coração;
  • acidente vascular cerebral, quando afetam as artérias que fornecem sangue para o cérebro;
  • Doença Arterial Periférica, quando a obstrução ocorre nas artérias dos membros inferiores.

No entanto, a patologia pode afetar qualquer área do corpo humano.

Causas da aterosclerose

O estreitamento das artérias, provocado pelo acúmulo de gordura, pode ser acarretado pelo excesso de colesterol no sangue. As placas são formadas pelo Low Density Lipoprotein (LDL), conhecido como colesterol ruim. Quando esse colesterol se une às lipoproteínas de baixa densidade, ele se acumula na parede dos vasos sanguíneos, formando os aratomas e impedindo, então, a passagem de sangue.

Além disso, indivíduos acometidos de hipertensão e diabetes têm mais possibilidade de desenvolver a oclusão nas artérias. O tabagismo, a obesidade, o processo de envelhecimento do próprio organismo e os níveis elevados de homocisteína também são fatores de risco para a doença.

Há, ainda, a hipercolesterolemia familiar, provocada por fatores hereditários. Essa doença ocasiona colesterol alto independentemente da alimentação, idade ou do estilo de vida.

Sintomas da aterosclerose

A aterosclerose é uma doença perigosa. Isso ocorre porque o entupimento da artéria provoca sintomas apenas quando a obstrução é grande o suficiente para dificultar a passagem de sangue e oxigênio para outros órgãos e células. Visto que a patologia pode atingir qualquer artéria do corpo, os sintomas estarão associados às regiões acometidas.

Quando o bloqueio ocorre nas artérias carótidas, que conduzem o sangue até o cérebro, os sintomas englobam:

  • dor de cabeça;
  • falta de ar;
  • fraqueza;
  • dormência dos membros;
  • dificuldade de falar;
  • confusão mental;
  • paralisia facial;
  • perda temporária da visão de um olho.

Como já mencionado, o entupimento neste tipo de artéria provoca o AVC.

Nas artérias coronarianas o entupimento pode causar infarto. Por isso, é importante prestar atenção aos sintomas, como dor no peito, sensação de desmaio, tosse e ânsia de vômito.

Ao atingir os membros inferiores, o estreitamento provoca:

  • fisgadas na perna;
  • cãibra intermitente, que melhora ao parar de mexer as pernas;
  • desconforto ou cansaço nas pernas;
  • perda de pelos nas pernas;
  • unhas dos pés enfraquecidas;
  • infecções constantes no pé;
  • coloração esbranquiçada nos pés e nas pernas.

A insuficiência renal é provocada quando as artérias renais são obstruídas. Os sintomas são, portanto, caracterizados pelo inchaço nas extremidades, hipertensão, dificuldade de concentração e perda do apetite.

Tratamento da aterosclerose

O tratamento para aterosclerose consiste, principalmente, na prevenção. Por isso, algumas medidas no dia a dia são esseciais como:

  • manter a alimentação saudável;
  • praticar atividade física;
  • reduzir o peso;
  • diminuir a pressão arterial;
  • reduzir os níveis de colesterol LDL.

Essas são questões essenciais para que a aterosclerose, o entupimento das artérias, não provoque outras doenças.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgiã vascular em São Paulo!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.