varizes

Há diferença entre varizes e trombose?

A trombose e as varizes são condições que ocorrem nas pernas comprometendo a boa circulação do sangue. Por terem algumas características em comum, nem sempre é fácil saber qual a diferença entre elas. Porém, essas características não somente existem como são fundamentais para entender qual ação de tratamento tomar.

Nos próximos parágrafos, vamos entender melhor um pouco sobre cada uma dessas condições clínicas de forma que seja possível saber no que se diferenciam. Acompanhe!

Trombose

A trombose venosa profunda (TVP), é uma condição muitas vezes associada ao surgimento de coágulos sanguíneos (trombo) nas pernas. Apesar de ser muito comum nos membros inferiores, essa doença pode afetar outras partes do corpo, como a pelve e os braços.

A condição recebe esse nome quando afeta as veias mais profundas e, nem sempre, ela apresenta sintomas. Por outro lado, na maioria dos casos registrados há queixas envolvendo fortes dores, calor na perna e inchaços. A TVP costuma ser um problema comum, especialmente após traumas e lesões.

Varizes

De forma simples, as varizes são veias salientes que surgem abaixo da superfície da pele. Geralmente, elas têm uma coloração azul ou purpura escura. Mesmo podendo ocorrer em qualquer parte das pernas, aparecem mais frequentemente nas panturrilhas e atrás dos joelhos.

Diferentemente do que se pensa, as varizes não são veias entupidas por coágulos e sim, veias muito dilatadas. Como elas não estão funcionando corretamente, geralmente, por estarem enfraquecidas, ocorre a estagnação do sangue. Além das veias esticadas e inchadas, outros efeitos colaterais das varizes envolvem:

  • Cansaço nas pernas.
  • Dor latejante e forte.
  • Coceira.
  • Inchaço.
  • Cãibras nas pernas.

Como se diferencia as varizes da trombose?

Como apontamos, diferenciar as duas condições pode ser um pouco complicado. Entretanto, um especialista treinado consegue detectar as varizes partindo de uma análise da aparência das veias, sua coloração e sensibilidade, por exemplo.

Já o diagnóstico da trombose é um processo um pouco mais complicado, afinal, os sintomas são parecidos com os vistos nos casos de varizes e ainda há os casos em que eles não se manifestam. Por isso, exames mais específicos podem ser feitos — Pele descolorida, quente e vermelha; cansaço repentino, inchaço e dor nas pernas, pés ou panturrilha são alguns sinais que apontam para a trombose.

Um ponto muito importante em relação as diferenças entre essas duas condições, é o fato de que as varizes interferem na qualidade de vida da pessoa, atrapalhando um pouco sua rotina. Já a trombose é algo bem mais sério e que pode levar o paciente à morte.

Varizes podem provocar trombose?

Depende da situação do paciente. As varizes, quando observadas de forma isolada, não representam grandes riscos. Porém, quando associada com outros fatores, a exemplo da obesidade, ela pode contribuir para que um quadro de trombose se instale.

Pessoas com doenças crônicas, histórico de cirurgias, mobilidade reduzida e idade superior aos 60 anos exigem uma atenção extra no caso da trombose, pois esses pontos são fatores de risco.

Tanto a trombose quanto as varizes têm tratamentos altamente eficientes. Entretanto, para obter os melhores resultados é preciso procurar o especialista o mais cedo possível para o correto diagnóstico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgiã vascular em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.