doenças cardiovasculares

Saiba como prevenir doenças cardiovasculares

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil e no mundo. Porém, ao adotar comportamentos saudáveis, é possível evitar ou prevenir o desenvolvimento dessas patologias.

Você sabe quais são as causas mais comuns de doenças do coração? Conhece as principais formas de prevenção? Então, não deixe de ler este post. A seguir, falaremos um pouco mais sobre o assunto.

O que são as doenças cardiovasculares?

Trata-se de toda patologia que acomete o coração e/ou os seus vasos sanguíneos. O infarto e o acidente vascular cerebral (AVC) são as mais conhecidas e também as causas mais frequentes de morte no país. 

Ainda, as doenças cardiovasculares são classificadas em grupos que se diferenciam pela região acometida. São eles:

  • doença coronariana: quando afetam os vasos sanguíneos que irrigam o músculo cardíaco;
  • doença cerebrovascular: quando acometem os vasos que irrigam o cérebro;
  • cardiopatia congênita: são quadros onde a malformação na estrutura do coração existe desde o nascimento;
  • doença arterial periférica: quando prejudica o funcionamento dos vasos sanguíneos que irrigam os membros superiores e inferiores;
  • doença cardíaca reumática: quando causam danos no músculo do coração e nas válvulas cardíacas em função de uma febre reumática causada por bactérias;
  • embolia pulmonar e trombose venosa profunda: quando se formam coágulos sanguíneos nas veias das pernas que podem se deslocar para o coração ou pulmões.

Quais as principais causas?

De modo geral, as doenças cardiovasculares estão relacionadas com a presença de fatores de risco. Os principais são aqueles associados ao estilo de vida, tais como, alimentação inadequada, sedentarismo, uso de tabaco e consumo abusivo de álcool.

Em função desses comportamentos, surgem patologias que costumam anteceder uma doença no coração, como, por exemplo, hipertensão arterial, hiperlipidemia, glicemia alta e obesidade. Em alguns casos, a pobreza, o estresse e a hereditariedade também contribuem para o desenvolvimento dessas condições.

Quais são os sintomas mais característicos das doenças cardiovasculares?

As doenças cardiovasculares são conhecidas por serem silenciosas, ou seja, surgem sem a presença de sintomas. Quando ocorrem, os sinais mais característicos são:

  • dor ou desconforto no centro do peito;
  • dificuldade para respirar;
  • sensação de enjoo ou vômito;
  • dor ou desconforto nos braços, cotovelos, mandíbula, ombro esquerdo ou costas;
  • falta de ar;
  • sensação de desmaio ou tontura;
  • palidez.

Como prevenir?

Por ter uma relação próxima com o estilo de vida do paciente, a prevenção das doenças cardiovasculares passa pela mudança comportamental, abandonando os maus hábitos e aderindo a práticas saudáveis. As principais ações de prevenção são:

  • exposição adequada e regular ao sol: os raios solares são fontes naturais de vitamina D. Quando há o deficit desse nutriente, pode ocorrer acúmulo de cálcio nas artérias, formando placas que obstruem o fluxo sanguíneo;
  • dormir bem: o sono é essencial para o corpo, pois, é o momento em que o organismo se regenera. Além disso, pessoas que dormem menos de seis horas por dia possuem o risco maior de desenvolver essas cardiopatias;
  • evitar cigarro e álcool: tanto a nicotina quanto o etanol afetam a saúde vascular, favorecendo uma arritmia ou um ataque cardíaco;
  • alimentação saudável: a alimentação rica em gorduras trans e saturadas contribuem para a formação de placas que impedem a circulação do sangue. O sal também eleva a pressão arterial;
  • atividades físicas: os exercícios físicos reduzem a pressão, melhoram o sono, diminuem o estresse e o colesterol.

Portanto, com a adoção de um estilo de vida saudável, você melhora sua qualidade de vida e afasta o risco de doenças cardiovasculares. Porém, nenhuma dessas formas de prevenção substitui o acompanhamento médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgiã vascular em São Paulo! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.