ultrassom doppler vascular

Ultrassom doppler vascular: o que é e quando é indicado

Ultrassom doppler vascular, conhecido como ecografia com doppler ou eco-doppler é um exame fundamental que ajuda o médico a avaliar com mais detalhes os vasos sanguíneos e o fluxo de sangue do paciente.

Sempre que uma pessoa apresentar sinais de problemas vasculares, é importante observar todo organismo em busca de patologias e possíveis tratamentos. É assim que esse ultrassom se faz necessário para complementar o diagnóstico e ajudar na busca por soluções.

Mas, para você entender melhor como ele feito, abaixo, vamos apresentar algumas informações relevantes. Acompanhe!

O que é ultrassom doppler vascular?

O ultrassom nada mais é do que um teste realizado em um centro especializado que analisa todo o sistema vascular e o fluxo sanguíneo em diversos órgãos, ou região do corpo. Por meio de um aparelho que emite ondas sonoras, ele consegue atingir o tecido, fazendo um retorno como um eco convertido em imagens direcionadas à tela do computador.

Suas principais funções são: buscar por doenças relacionadas aos vasos, como trombose, varizes ou aneurismas, sendo também muito usado para mapear as varizes que serão tratadas.

Dessa forma, as principais indicações para ser realizado o exame são:

  • estudar o funcionamento do sangue das artérias e veias;
  • detectar a ocorrência de trombose arterial ou venosa;
  • identificar aneurismas ou dilatações dos vasos;
  • diagnosticar o surgimento de varizes;
  • avaliar possível estreitamento ou oclusões das veias e artérias.

Quais são os cuidados com o exame?

O eco-doppler é simples e não causa dor, contudo, o paciente deve permanecer deitado em uma maca, enquanto o procedimento é feito.  Em algumas situações o exame e realizado preferencialmente de pé (pesquisa de varizes). Geralmente, não há necessidade de jejum, exceto em casos de avaliação abdominal, como o doppler nas artérias renais ou da aorta.

Nessa situação, será preciso um jejum de 6 horas antes do exame e o uso de medicamento para gases, com o objetivo de reduzir acúmulos que possam atrapalhar o resultado.

Quais são os tipos de ultrassom?

Dentre os mais comuns estão:

  • Ultrassom das pernas, feito para diagnosticar trombose, varizes, insuficiência venosa ou arterial, além de estreitamentos;
  • Eco da tireoide, indicado para avaliar os vasos da tireoide e identificar anomalias de um nódulo;
  • Ultrassom da carótida, feito em busca de alterações das carótidas, como obstrução ou estreitamento;
  • Doppler da aorta, recomendado para analisar a presença de dilatações da aorta ou buscar por possível aneurisma. Ainda é usado para investigar uma dissecção do vaso;
  • Ultrassom das artérias renais, realizado para estudar o fluxo das artérias dos rins, com o objetivo de encontrar estreitamentos e oclusões dos vasos, quando há sinais de hipertensão. Também pode ser usado para buscar causas de alterações dos órgãos.

O ultrassom doppler vascular é um exame completo que permite verificar tudo o que está acontecendo nas artérias e veias de vários órgãos. Por isso, sempre que aparecer algum sintoma de patologia vascular, procure um profissional para que uma avaliação seja realizada.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgiã vascular em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.